Os judeus que votaram em Hitler

Haaretz e Wikipedia – Na terrível história da perseguição dos nazistas aos judeus há uma passagem pouco conhecida. Durante a ascensão de Adolf Hitler ao poder na Alemanha, ele chegou a ser apoiado por um grupo chamado Associação de Judeus Nacionais Alemães.

Segundo o historiador Werner Eugen Mosse, a partir de meados do século 19, uma parcela dos judeus alemães começou a rejeitar suas raízes. Eles eram contra a circuncisão, trocaram o dia de descanso de sábado para domingo e substituíram o Bar Mitzvah por uma prova oral.

Donald Niewyk, especialista no Holocausto, conta que na época que antecedeu a 2ª Guerra Mundial, a vasta maioria dos judeus alemães era leal à sua pátria-mãe, a Alemanha. Mesmo quando o Partido Nazista surgiu, eles não teriam se dado conta do perigo. A Associação de Judeus Nacionais Alemães até mesmo votou em Hitler e no seu partido.

Fundada por Max Naumann em 1921, a associação tinha como objetivo a “absorção” dos judeus pela cultura alemã. Naumann se opunha especialmente aos sionistas e aos judeus do leste europeu, a quem considerava uma ameaça. A organização teria apoiado Hitler porque não levava a sério a sua retórica antissemita. O grupo achava que os discursos inflamados do Führer serviam apenas para “agitar as massas”.

A Associação de Judeus Nacionais Alemães acabou sendo declarada ilegal em 18 de novembro de 1935. No mesmo dia, a organização foi dissolvida e Max Naumann foi levado para um campo de concentração pela Gestapo (a polícia nazista) em 1935. Ele foi liberado após alguns dias e morreu de câncer quatro anos depois.

https://seuhistory.com/noticias/os-judeus-que-votaram-em-hitler

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*