Arqueólogo da Amazônia

Eduardo Góes Neves, do MAE-USP, explica por que a floresta não deve ser vista apenas como produto da história natural, mas também do manejo exercido por milênios.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*