6,5 milhões de estrangeiros se beneficiam com programas sociais do governo da Venezuela

Diário Liberdade – Um total de 6,5 milhões de estrangeiros -entre colombianos, peruanos e equatorianos- se beneficiam com os programas sociais do governo bolivariano, revelou o vice-presidente de Comunicação, Cultura e Turismo da Venezuela, Jorge Rodríguez, em coletiva de imprensa no Salão Simón Bolívar do Palácio de Miraflores, em Caracas.

Ele explicou que na Venezuela moram 5,6 milhões de colombianos que vieram “fugindo do paramilitarismo, da fome, da violência, do narcotráfico e dos assassinatos em massa”.

Também disse que no país moram 400 mil equatorianos e 500 mil peruanos “que foram acolhidos como irmãos na pátria venezuelana”.

“A Venezuela é o país deste continente que mais refugiados recebeu e continua recebendo”, destacou.

O investimento social do Executivo para atender esta população é de US$3 bilhões para garantir direitos essenciais como acesso à saúde, educação, moradia e serviços básicos.

Para se ter uma ideia, 20% das casas próprias da Gran Misión Vivienda Venezuela (Grande Missão Moradia Venezuela, em tradução literal) foram entregues a famílias colombianas, o que representa 438.110 casas.

Rodriguez comentou que um milhão de famílias colombianas recebem todos os meses uma cesta básica através dos Comitês Locais de Abastecimento e Produção (Clap), o que representa US$25 milhões ao mês e US$300 milhões ao ano.

Em relação à saúde, informou que entre janeiro e junho deste ano nos estados fronteiriços de Apure, Amazonas, Tachira e Zulia foram realizadas 29.507 consultas médicas a colombianos e colombianas, das quais 306 são cirurgias; 2.652 representam consultas oftalmológicas e 6.606 odontológicas.

https://gz.diarioliberdade.org/artigos-em-destaque/item/249992-6-5-milhoes-de-estrangeiros-se-beneficiam-com-programas-sociais-do-governo-da-venezuela.html

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta