Expressão Popular lança livro sobre Guerra do Vietnã na visão dos vietcongues

Emilly Dulce – O lançamento será realizado nesta quarta (21) e conta com palestra do historiador Miguel Trujillo.

Ouça a matéria:

A vitória vietnamita no campo de batalha e na luta política é tema do livro Vietnã: A Guerrilha Vista Por Dentro, que será lançado nesta quarta-feira (21) pela Editora Expressão Popular. A obra foi escrita três anos antes da Ofensiva do Tet pelo jornalista Wilfred Burchett, que acompanhou as ações de guerrilha junto aos soldados do exército popular, vítimas dos crimes de guerra cometidos pelos Estados Unidos.

Em 2018, comemora-se os 50 anos da Ofensiva do Tet (Ano Novo Lunar no Vietnã), momento em que as forças comunistas norte-vietnamitas lançaram uma onda de ataques surpresa contra o imperialismo dos Estados Unidos. Oitenta mil combatentes reconquistaram 100 cidades sob o domínio estadunidense, levando a grande virada na guerra.

Por meio da guerrilha, tática pela qual os soldados se protegiam em gigantescos túneis subterrâneos, os vietcongues venceram a maior potência econômica e militar do mundo e seus aliados, como era o caso das Filipinas, da Austrália e da Nova Zelândia. Tão importante quanto a estratégia de guerra foi também a força de vontade dos vietnamitas de lutar por uma causa justa, o que faltava nos americanos, como destaca o historiador Miguel Gonçalves Trujillo:

“Para vencer a guerra, você tem que quebrar no inimigo a vontade de lutar e a Ofensiva do Tet foi isso, ela quebrou a vontade de lutar do povo americano, do governo americano e das forças armadas dos soldados americanos. Quem ganha a guerra não é quem tem mais arma e mais bomba, mas quem tem a causa justa, uma organização popular maior e quem tem o apoio do povo”, defende.

O Vietnã, anteriormente colônia francesa, era dividido em dois países: o Vi­et­nã do Nor­te co­man­da­do por Ho Chi Minh, co­mu­nis­ta ali­a­do à URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), e o Vi­et­nã do Sul, uma di­ta­du­ra mi­li­tar ali­a­da aos EUA, no con­tex­to da Guer­ra Fria.

A partir da Ofensiva do Tet, o apoio à Guerra do Vietnã caiu e as forças americanas começaram a planejar a retirada até a definitiva derrota em 1975. O conflito armado se arrastava desde 1959. O Vi­et­nã foi uni­fi­ca­do em 1976 sob o re­gi­me do nor­te co­mu­nis­ta Ho Chi Minh, formando um novo país: a República Socialista do Vietnã.

Para o lançamento do livro será realizado um evento* para debater o processo histórico da revolução vietnamita. O historiador Miguel Trujillo é o palestrante convidado e destaca a importância da agenda de luta dos rebeldes vietcongues até os dias de hoje. “A luta dos vietnamitas é um exemplo para todos nós. Foi a luta mais heroica, a maior epopeia do século XX dos povos que lutaram contra o imperialismo.”

https://www.brasildefato.com.br/2018/02/21/expressao-popular-lanca-livro-sobre-guerra-do-vietna-na-visao-dos-vietcongues/

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta