Mosaico cultural | Elis Regina partia há 35 anos

Cantora é uma das mais importantes da música popular brasileira

Mara Régia, Viva Maria
Radioagência Nacional | Brasília (DF),

Ouça a matéria:

Elis morreu aos 36 anos, tendo gravado dezenas de músicas fundamentais da MPB - Créditos: DivulgaçãoElis morreu aos 36 anos, tendo gravado dezenas de músicas fundamentais da MPB / Divulgação

Há exatos 35 anos, Elis partiu num rabo de foguete fazendo chorar o Brasil.

Mas passado todo esse tempo, mais viva do que nunca, Elis continua inspirando cantores, compositores e jornalistas que, em memória, já produziram uma série de matérias, programas especiais de rádio e TV, documentários, filmes e livros como o que Juarez Fonseca, colunista do jornal Zero Hora de Porto Alegre está prestes a lançar para comemorar seus 45 anos de música e jornalismo.

Juarez Fonseca teve o privilégio de entrevistar Elis um sem número de vezes até se transformar em amigo confidente. Graças a isso, nós vamos poder levar até você detalhes inusitados sobre a vida de Elis, como o fato da nossa Pimentinha ser “milagreira”. Como foi que você descobriu isso, Juarez?

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

https://www.brasildefato.com.br/2017/01/20/mosaico-cultural-or-elis-regina-partia-ha-35-anos/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*